logo-ge

Começa, em Brasília, conferência que discute metas da educação para os próximos dez anos

Encontro reúne 2,5 mil delegados de estados e municípios para discutir um sistema nacional de educação

da redação

Até quinta-feira (1/4) acontece em Brasília a Conferência Nacional de Educação (Conae). Durante a  abertura do evento o ministro da educação, Fernando Haddad, destacou a importância da conferência para a elaboração do próximo Plano Nacional da Educação (PNE) ? documento com metas para o período de 2011 a 2020.

O atual PNE está em vigor desde o ano 2000 e sua validade termina em 2010. Por isso, o Congresso Nacional deve receber, até maio, proposta para um novo plano, indica Francisco das Chagas Fernandes, secretário executivo adjunto do MEC e um dos organizadores da Conae.

– Leia o atual Plano Nacional de Educação

?Em tese, tem que ser aprovado neste ano. Senão, fica um vácuo para o próximo [ano]?, afirma Chagas. O PNE é um documento com diretrizes para todos os níveis de educação (fundamental, média e superior) que vale por 10 anos e é aprovado em forma de Lei pelo Congresso Nacional.

DEBATE
Participam da Conae 2,5 mil delegados de todas as unidades da federação e 500 observadores, informa o site do MEC. Além das metas do próximo PNE, o encontro também discute a constituição de um sistema nacional de educação.

Durante a conferência, os debates são organizados em torno dos seguintes temas: o papel do estado na garantia da educação de qualidade; a qualidade da educação, a gestão democrática e os mecanismos de avaliação dos estudantes; a democratização do acesso, a permanência e o sucesso escolar; formação e valorização dos profissionais de educação; o financiamento da educação e o controle social; e justiça social, educação e trabalho.

As propostas elaboradas ao término da Conae serão avaliadas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) antes de chegarem ao Congresso.

Mais informações no site oficial da Conferência Nacional de Educação.

FÓRUM

– Quais as principais demandas da educação brasileira para os próximos dez anos?

LEIA TAMBÉM

– Professores paulistas querem aumento por trabalho extraclasse na internet

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s