logo-ge

Escolas usam software para ?pegar? aluno que copia trabalho da Internet

Empresas organizam até conferências internacionais para ensinar professores a identificar quem colou tarefa da Web

da redação

Em 2009, mais de 4 400 estudantes foram punidos por colar em provas oficiais na Inglaterra; Foto: Getty Images
Em 2009, mais de 4 400 estudantes foram punidos por colar em provas oficiais na Inglaterra
Por que as pessoas colam?
Teste: você é criativo?
Como anda sua autoestima?
Você tem problemas para estudar?

O famoso “Ctrl + C, Ctrl + V” está com os dias contados. Pelo menos é o que prometem aos professores alguns programas de computador desenvolvidos para identificar trabalhos “chupinhados” da internet.

Segundo a empresa nLearning, que fabrica um desses programas na Inglaterra, o número de universidades e escolas usando a ferramenta dobrou nos últimos dois anos por lá. Até trabalhos de estudantes de ensino fundamental passaram a ser submetidos à análise desses softwares.

Os programas são capazes de cruzar as palavras escritas pelos alunos com material encontrado na internet, principalmente em sites especializados em vender trabalhos escolares.

Mas o foco da preocupação são mesmo os universitários. O mercado de venda de Trabalhos de Conclusões de Cursos (TCCs), dissertações e similares no Reino Unido movimenta 200 milhões de libras esterlinas (529 milhões de reais) ao mês, segundo o jornal inglês Telegraph.

E os professores, para não serem passados para trás, participam até de encontros mundiais nas quais são discutidas técnicas para flagrar os ‘colões’. Uma delas – a 4ª Conferência Internacional Anti-plágio – acontece até a próxima quarta-feira (23) no Reino Unido.

“Os universitários topam pagar até 300 libras (quase 800 reais) por um trabalho”, disse Dan Rigby, que apresentará uma pesquisa sobre o tema na conferência.

COLA HIGH TECH
Segundo o Ofqual, o “Inep” do Reino Unido, aumentou a quantidade de estudantes tentando colar em provas oficiais. Em um ano, subiu 6% o número de alunos descobertos com cola em celulares ou MP3 Players, conforme publicou reportagem da versão online do The Guardian.

Em 2009, mais de 4 400 estudantes foram castigados na Inglaterra por colar em provas. No Brasil, não há números oficiais sobre o assunto.

LEIA MAIS
– Notícias de vestibular

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s