logo-ge

Como está o mercado de trabalho para quem quer trabalhar com pesquisa em Psicologia?

Orientador profissional esclarece

O Brasil infelizmente investe pouco em pesquisa científica na maioria das áreas. Há alguns órgãos que demandam maior número de pesquisadores principalmente nas áreas da saúde e produção agropecuária. A Psicologia não é uma das áreas que recebem investimentos diretos por parte de agências públicas ou organismos privados.

A realidade da pesquisa em psicologia está diretamente relacionada ao contexto da pesquisa na maior parte das áreas: a pesquisa acadêmica por meio dos cursos de mestrado e doutorado stricto senso. Essa pesquisa é conduzida por estudantes que desejam conquistar as referidas titulações e, se houver disponibilidade de recursos, financiada por bolsas de estudo de órgãos federais como CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) e CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e em alguns estados por órgãos estaduais como a FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e a FAPERJ (Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo a Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro).

Uma rápida pesquisa na internet pode lhe mostrar os valores que elas distribuem. Note que nem todos os pleiteantes conseguem as bolsas e que elas duram apenas o período do mestrado ou doutorado (de 2 a 4 anos).

A continuidade da atividade de pesquisa em psicologia só é conquistada se o profissional enveredar pela carreira acadêmica- tornando-se professor universitário – em instituições que sustentem linhas de pesquisa (quase todas universidades públicas).

A realização de estudos pós-graduados no exterior pode abrir portas para o ingresso em institutos estrangeiros. Inglaterra, Espanha, Estados Unidos são alguns dos países que desenvolvem pesquisas neste campo. Se houver interesse, aprofunde sua pesquisa para conhecer em que áreas de pesquisa cada país melhor contribui.

Leia mais:
– Conheça os 23 cursos da área de Saúde
– Psicologia é a carreira certa para mim?

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s