logo-ge

O que devo considerar antes de decidir estudar em outro estado?

Orientador profissional esclarece

De fato, estudar fora de sua cidade natal exige um bom planejamento. Uma opção à questão do aluguel de moradia é a divisão com colegas de universidade, por meio do que é denominado de “repúblicas”. Algumas são tradicionais, históricas; outras se constituem por meio da reunião de pessoas com o mesmo interesse – o que você só conseguiria saber nas primeiras semanas de aula.

Considere que dividir o espaço com pessoas a princípio desconhecidas envolve acordos e negociações quanto a rotinas da casa e o aprendizado quanto a lidar com pessoas com características por vezes muito diferentes das suas.

Universidades públicas muitas vezes oferecem também moradia estudantil em unidades da própria universidade, respeitados determinados critérios (dos quais em geral faz parte a pouca disponibilidade de recursos financeiros do candidato). Pesquise se as universidades de seu interesse em Brasília possuem programas desse tipo. Em todas as alternativas, procure viajar meses antes do vestibular e pesquisar na própria cidade e junto aos alunos mais detalhes.

Para a geração de recursos financeiros, muitos alunos exercem algum tipo de atividade remunerada ou formas paralelas de conquista de renda (empregos em funções básicas como em bares noturnos e lanchonetes ou similares, comércio autônomo de lanches, camisetas, etc). Ao longo do curso o ingresso em programas de iniciação científica e / ou estágios profissionalizantes são alternativas mais interessantes.

Desenvolver a autodisciplina quanto à organização do tempo e da rotina de estudos é fundamental. Alguns alunos se encantam com a autonomia conquistada no início do curso e acabam tendo problemas posteriores quanto ao desempenho.

Não menos importante, é preciso que você identifique sua disposição para enfrentar mudanças quanto aos vínculos que mantém com sua família e amigos. Mudar de cidade significa também sair da zona de conforto atual quanto às relações que mantém com as pessoas e o enfrentamento da distância delas, bem como de situações eventualmente inusitadas nas relações pessoais.

Todo esse processo envolve negociações material e emocional com a família, como a verificação dos recursos financeiros disponíveis para tal preparação e / ou para o início do curso, bem como a elaboração dos aspectos emocionais – mudança de vínculos, inseguranças, etc. Isso inclusive lhe ajudará a identificar e avaliar quanto está motivada para superar eventuais obstáculos e enfrentar as novidades que a situação determina.

Leia mais:
– Como se adaptar à mudança de cidade?
– TESTE: Você está pronto para morar sozinho ou em uma república?
– Como escolher onde estudar – resolvendo dilemas

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s